CPT - Centro de Produções Técnicas

Desenho artístico para iniciantes


Antes de iniciarmos nossos estudos para aprender a desenhar, vamos conhecer algumas informações básica sobre esse universo incrível que é o Desenho Artístico.

O desenho é uma forma de expressão visual e é uma das principais formas dentro das artes visuais. Existem diferentes categorias de desenho, o artístico, o tecnico, os esboços ( Um esboço é um desenho à mão livre que não é geralmente concebido como uma obra acabada.), a animação, o mangá.
  
O desenho  faz uso de qualquer  instrumento que possa marcar um meio bidimensional. Instrumentos comuns como grafite, lápis, caneta e tinta, pincéis com tinta, lápis de cor de cera, lápis de cor, carvão, giz, pastel, vários tipos de borrachas, marcadores, canetas e vários metais (como as canetas pena, que tem a ponta de metal ou aerógrafo).  
O suporte mais comum para o desenho é o papel, embora outros materiais, tais como papelão, plástico, couro, lona e placa, podem ser usados também, tudo depende da criatividade do artísta.


Qual a diferença entre Desenho Artístico e Técnico?

 Desenho artístico e técnico têm objetivos diferentes.  
  • Desenho artístico pode replicar natureza ou expressar uma emoção, mas é para ser olhado.
  • Desenho Técnico replica coisas reais, e que se destina a comunicar informações práticas sobre o assunto.

Material de desenho

O material para desenho pode variar de acordo com o estilo de desenho de cada desenhista. Mas para quem está iniciando, o material básico seria:
  • 1 lápis 2B
  • 1 borracha branca
  • 1 apontador ou estilete
  • papel sulfite A4 e A3
  • bloco Canson A4 Escolar
* Esse material  é mais adequando para fazer esboços e praticar luz e sombra, para um desenho mais profissional ou bem elaborado, serão necessário lápis de outras graduações e papéis de gramaturas acima de 180g/m².


Material para desenhos avançados
  • lápis graduados: HB, B, 2B,4B, 6B,7B,8B,9B (Você não precisa ter todos, mas pelo menos uns 3 (2B, 6B, 8B)
  • 1 lapiseira 0.3
  • 1 esfuminho 0.1
  • 1 borracha limpa-tipo
  • 1 borracha branca propria para desenhos artísticos
  • um apontador ou estilete
  • Bloco layout
  • bloco de papel com 180g/m² ou 200g/m²  ou  240g/m².
 OBS: tenha sempre pastas catálagos A4 e A3 para guardar os seus desenhos, mesmo aqueles que na sua opinião não ficaram tão bons, mas ele serã importante na comparação da sua evolução dos desenhos futuros.

Conhecendo alguns  materiais básicos para o artístas: 



  • Lápis: Há lápis de varias graduações que dependendo da técnica utilizada,  eles farão muita diferença no resultado final. 

Os lápis são divididos em graduações:
  • Grafite Duro ( "H" = Hard): 8H, 7H, 6H, 5H, 4H, 3H, 2H, H, 
  • Grafite médio ( "HB" = Hard/Black): HB, F, B, 2B, 3B, 4B, 5B, 
  • Grafite Macio ( "B" = Black): 6B, 7B, 8B, 9B
A diferença entre eles está na graduação e rigidez, o que significa que para cada sombra, existe um lápis proporcional à sua intensidade. Você não precisa ter todos, mas 3 ou 4 tons seriam essenciais.

Além dos lápis graduados, você pode experimentar outros tipos de intrumento para desenvolver seus desenhos como: 



Barra de Grafite. Ideal para Esboços, Desenhos, Traços e Decalques. Assim como os lápis tem suas graduações, as barras de grafite têm as suas também.









Carvão de origem vegetal utilizado para desenho. Com um pouco mais de prática voce pode fazer um desenho bem elaborado somente usando ele e para fixação, utilize verniz fixador, caso contrario sempre que tocar no desenho sujará sua mão, desbotará com muita facilidade.








Você pode encontrar o carvão vegetal como lápis também. Abaixo alguns exemplos:

Lápis Carvão Gioconda
Lápis Carvão Chines
Lápis Carvão Conté

 Qualquer um desses é utilizado para desenho e esboços e tem alto padrão de qualidade. Todos são de marcar importadas.

OBS: Essas são marcas que eu uso e gosto muito, mas há outras também como: Cretacolor e Koh-I-Nor que são tão boas quanto essas citadas acima.

  • Esfuminho
  
Esfuminho é um rolo de papel feito de feltro ou peliça prensado em forma cilindrica com pontas nas extremidades; instrumento criado especificamente para a obtenção dos efeitos de esfumado e pode ser utilizado para os trabalhos utilizando-se as técnicas secas como o lápis de grafite, carvão ou pastel.

O esfuminho serve para  desmanchar o grafite no papel, ou seja, "esfumar" as áreas pequenas e precisas, que com o dedo não seria possivel fazer com tanta precisão, finalizando então, um visual mais real ao desenho. 


  • Borracha
 Para os esboços, a borracha plástica branca já é suficiente, as quais você pode encontrar em diversas marcas. Faça teste com algumas, pois nem todas as borrachas brancas realmente apagarão sem deixar o papel borrado. 
Mas para um desenho mais elaborado, com efeitos realistas ou hiper-realistas, serão necessárias outras borrachas de apoio.
Abaixo segue alguns exemplos de borrachas brancas ou não e suas funções específicas.


 Borracha plástica de excelente qualidade. Considerada a melhor borracha do mundo embalada individualmente em um envólucro prático de celofane. Possui manga deslizante para manuseio mais fácil.
Exclusiva fórmula que deixa poucos resíduos de fácil limpeza, evitando desperdícios.

(Essa borracha é a minha favorita, principalmente para limpar o contorno de um retrato, ou deixar aquele brilho dos olhos bem branquinho.)
 


 Borracha MONO Light Tombow é uma borracha plástica Japonesa. Essa borracha é utilizada para apagar grafite e é extremamente macia. Possui uma excelente maleabilidade.






 Essa borracha é utilizada para apagar grafite com facilidade, sem marcar o papel.




  Borracha conhecida como limpa tipo é utilizada não só para apagar, mas para tirar o excesso do grafite fixado no papel, e promover pequenos efeitos de luz, como no olhos, face, contorno do rosto, cabelos, pêlos de animais e assim por diante. E pode ser usando para grafite, pastel e carvão.
 Essa é uma borracha que fica suja com muita facilidade, para mante-la limpa basta fica amassando como se fosse massinha de modelar, até ficar da cor original novamente.


  • Papel
 Vou apresentar alguns blocos para esboço e para desenho para bons acabamentos e profissionais para qualificar o seu trablaho. Mas antes, é interessante saber que existem outros tipo de papel como: vegetal, sulfite e jornal que também vale a pena fazer testes para descobrir qual papel é mais apropriado ao seu estilo.

  1. Papel para Esboços
Esse papel é muito comum e facil de encontrar em qualquer papelaria é da linha estudante, serve tanto para os esboços como para teste de cores. É um papel fino e possui textura levemente granulada para melhor aderência do lápis.






 É um bloco com 50 folhas de 120g/m² com textura levemente granulada. É ideal para desenhos a lápis, pastel seco, pastel oleoso, grafite, carvão, crayons e etc.










 O bloco de esboço CONDA é utilizado por artistas e os "viciados" em desenhar todos os dias e em qulquer lugar. Esse bloco é mundialmente conhecido como "Sketch Pad".
Eu tenho varios desse, tem tamanho A5 e A3 também, e está sempre na minha bolda, pois onde quer que eu esteja, tenho papel e caneta ou lpais para esboçar minhas idéias para depois passar para um tela de pintura ou aperfeiçoa-los em um papel mais profissional.




É um bloco de papel com 120g/m² estudante é composto por 50 folhas de papel branco liso, especialmente indicado para rascunhos de desenhos com lápis, caneta de ponta porosa, tinta nanquim e pena tubular.









  2. Papel Profissional para desenhos artísticos em diversas técnicas.



Esse papel  é o favorito da maioria dos desenhista, isso porque ele possui 100% fibra de algodão e tem brancura natural. Canson Arches Dessin & Esquisse possui textura levemente granulada (200g/m²), ideal para desenhos com lápis, giz pastel, grafite, carvão, sanguínea e etc. Possui apenas 16 folhas. Por ser uma papel caro é bom caprichar bem no desenho pra valer a pena utilizar cada folha desse bloco.




O Papel Profissional Filiart Renaud possui superfície texturizada com 30% de fibras longas de linter de algodão ideal para trabalhos com tintas a óleo e acrílicas, aquarela, guache, pintura crayon, grafite e nanquim. Cada bloco possui 20 folhas com 200g/m²








 Esse bloco é utilizado em diversas técnicas de desenho, como pastel, desenho a lápis, carvão, crayon e pastel oleoso. Gramatura 200g/m²









É utilizado em diversas técnicas de desenho, como pastel, desenho a lápis, carvão, crayon e pastel oleoso. Gramatura 140g/m²









Agora que você conhece o material, só precisa providenciar o seu e iniciar seus estudos em desenho artístico.


Curso online de desenho artístico realista


Curso foi desenvolvido por Leida Nogueira, uma das maiores artistas em desenho artístico realista do Brasil, com diversos trabalhos realizados no Brasil e no mundo, a artista Leida, está ministrando um curso totalmente online de oito módulos.


Palavras da artista sobre seu trabalho:

Com 12 anos de idade, eu tive meu primeiro contato com o desenho figurativo.  Mas a paixão pelo desenho já iniciara bem antes disso.

O que me encantou foi a magia de transformar os meus esboços em desenhos  mais realistas dando forma e volume no papel através do sombreamento.

Quando eu descobri o desenho acadêmico e suas técnicas, eu percebi que eu seria capaz de representar  igual ou bem próximo da realidade.

Por alguns anos me preocupei em fazer uma cópia perfeita dos rostos que desenhava, mas os desenhos ficavam sem expressão, ou seja, por mais que eu fizesse tudo dentro das regras, parecia que faltava mais alguma coisa. Após me dedicar diariamente a estudar luz e sombra, eu consegui, aos poucos captar a expressão na face de cada rosto que desenhava.



  


A mudança da maneira de desenhar e da forma de observar o que eu desenhava mudou  alguns anos depois, quando iniciei meus estudos seriamente com os mestres dos livros de desenhos realistas, e mais posteriormente, com outros livros de outros mestres em ilustração, quadrinhos, animação e pintura digital. 


Aprendi a observar com os desenhos deles, os esboços, tentando expressar da mesma maneira que eles expressavam em seus desenhos e suas pinturas, até iniciar minhas próprias criações e estilo. De alguma forma, senti que ainda havia muito a aprender e melhorar. E também, observava desenhistas em praças públicas e feiras, como eles iniciavam seus risco, como sombreavam, e novamente dedicava horas treinando o que havia memorizado, cada movimento, risco, esfumado, pinceladas desses artistas veteranos.
 
Daí em diante, uma das minhas primeiras aprendizagens significativas é que descobri dois tipos de artistas: os que apenas expressam tudo que reproduzem e aqueles que se expressão no que reproduzem. Eu acho que me identifico com o segundo grupo de artistas, pois eu não gosto de seguir padrões, quero deixar a arte fluir, sem me preocupar com a precisão de um desenho realista, mas sim, com a expressão que pode ser ilustrada nos meus desenhos ou pinturas, pois vi, que foi através da minha habilidade para artes visuais,  que encontrei a maneira mais incrível de me expressar e me comunicar com o mundo, já que nunca fui muito boa em me expressar com palavras.
 
Acho que ainda tenho que melhorar mais, expressar mais sentimentos em cada rosto ou ilustração que eu desenhar ou pintar, sendo realista ou não, fazer com que minha arte torne-se uma inspiração para artistas iniciantes ou apenas admiradores.
Muito obrigada a todos que apreciam minha arte.
 

Cada módulo possui exercícios e materiais complementares, o aluno poderá tirar suas possíveis dúvidas através de email, ou no grupo do facebook, além de ganhar alguns bônus exclusivos.

É composto de quatro módulos:

1-Luz e sombra
2- Anatomia humana
3 - Cabeça e face
4 - Olhos
5 - Nariz e orelha
6 - Boca
7 -  Cabelos realistas
8 - Retrato realístico

Veja alguns vídeos da pintora: