CPT - Centro de Produções Técnicas

Dica de afiliado! Não abandone seus posts antigos




Muitas pessoas que possuem ou possuíram alguma experiência com marketing de afiliados alegam que, no começo da carreira como blogueiro, se afiliaram a plataformas de afiliados e adicionaram alguns banners nos posts, o que acabou não resultando em muitas comissões e, justamente por isso, boa parte delas desistiram de tentar trabalhar com esse modelo de negócio. 

A questão é que, quando você é novo na blogosfera, ainda não possui uma visão ampla do negócio. Seu público é pequeno e você ainda não conquistou confiança e lealdade deles para fazê-los voltarem sempre ao seu blog. Seu conteúdo pode ser incrível, mas conquistar uma “clientela” no mundo digital e engajá-los leva tempo. No começo, talvez você não consiga ver o programa de afiliados gerando resultados imediatos, mas a mágica de trabalhar com marketing de afiliados é que os links trackeados que direcionam para as ofertas dos anunciantes duram para sempre e isso pode gerar resultados futuros, mesmo com posts antigos. Se você nunca parou para pensar nisso, comece a rever seus conceitos sobre otimizar seus primeiros posts.
É importante notar que os conteúdos com links trackeados costumam ser os maiores geradores de receita. Sendo assim, iremos listar diferentes maneiras para otimizar seus posts passados uma vez que o seu tráfego tenha aumentado significativamente desde que criou o seu blog.
 

Cenário 1: Não monetizado

Caso no começo do seu blog você ainda não trabalhava com marketing de afiliados, é necessário dar um passo atrás e rever todos os seus posts que não possuem links trackeados ou nenhum tipo de divulgação. Insira-os no meio do conteúdo, quando houver sinergia, e aguarde eles começarem a monetizar. A vantagem é que esses posts muito provavelmente já estão bem indexados nos buscadores. 

 
Cenário 2: Já monetizado

Se você possui um post com links trackeados divulgando um anunciante e esse mesmo post super bombou, você deve sempre utilizá-lo ao seu favor.  Faça uma referência a ele em outros posts, em e-mail marketing com os posts mais vistos… enfim, neste caso, reciclar conteúdo é ótimo! Kevin Spence diz que “O objetivo não é monetizar cada página, e sim cada página que possui um grande potencial para monetização”. 

 
Cenário 3: Tentativa de monetização

Você tem um post com links afiliados que recebe uma quantidade enorme de visitas, mas que não lhe trouxeram nenhuma comissão. E agora? Qual é o plano B? Crie outros formatos de divulgação, como uma aba apenas de cupons, ofertas da semana de determinado anunciante, entre outros tipos. O que importa é continuar tentando pois, mesmo que no começo trabalhar com marketing de afiliados possa parecer um trabalho de formiguinha, quando ele começa a gerar comissões, ele gera mesmo!

A lição principal é: dê uma olhada em seu blog e posts antigos para ver onde estão as oportunidades para fazer alguma renda extra com o conteúdo que você já trabalhou tão duro! 

Fonte: www.mktdeafiliados.com.br