CPT - Centro de Produções Técnicas

O que são Webinários e como gerar leads com eles


O consumo de vídeo aumentou significativamente nos últimos anos, o que podemos confirmar com a força dos serviços de streaming como Netflix, Hulu e Amazon Prime. As redes tradicionais, seguindo esta tendência, também lançaram serviços semelhantes como a Globo Play, aqui no Brasil, e a HBO NOW, nos Estados Unidos.
E como sua marca pode se beneficiar dessa onda de consumo de conteúdo por meio de vídeos? O webinar é uma novidade na entrega de informação que vem ganhando espaço, já que as pessoas estão cada vez mais conectadas e buscam diferentes formas para adquirir conhecimento.
Também conhecido como conferência digital, no nosso bom e velho português, é uma das estratégias de marketing de conteúdo.


Mas o que é o webinar?

Os webinars são palestras ou seminários apresentados por um especialista em determinado assunto, ou um grupo de panelitas discutindo um tema, geralmente auxiliados por um moderador. Os formatos e duração podem variar sem comprometer a efetividade, mas o que eles têm em comum é que a transmissão é sempre ao vivo. A ideia é criar o senso de urgência no público alvo, para que a inscrição aconteça em até determinada data.


E é no cadastro que acontece mágica para sua marca - seja ela pessoal, pequena, média ou grande. Ao promover o webinar, o principal objetivo é ampliar sua base de potenciais consumidores, por isso é preciso ser estratégico na escolha dos campos de formulários de cadastro e na curadoria de conteúdo.
Lembrando que quanto mais elaborado, relevante e exclusivo o conteúdo oferecido, maior o valor que sua marca pode “cobrar” dos participantes. E neste caso, não apenas na questão financeira, já que muito webinars são grátis, mas sim o valor da informação requisitada para dar acesso ao conteúdo. Ou seja, quanto maior a credibilidade do especialista que for apresentar o webinar, maior o número de campos no formulário de cadastro. E o seu CRM agradece!



Formatos de webinars

O webinar pode ter uma estrutura mais enxuta, com apenas uma pessoa apresentando, ou mais elaborada com outros convidados. Dependendo da plataforma escolhida, existe a opção de apenas apresentar os slides na tela e escutar a voz do palestrante, ou até mesmo organizar um fórum de debates com até 5 convidados sendo exibidos na tela. Mas independente do formato escolhido, tenha em mente que a escolha do tema é essencial para associar sua marca com algo que seja relevante para sua estratégia.
E aqui, a interação é rei. Diferente de infográficos e E-books, por exemplo, o webinar permite interação instantânea com o apresentador, ou apresentadores. Durante a exibição, os participantes podem digitar perguntas, que serão filtradas pelo mediador e respondidas pelo especialista no final.


Webinars na metodologia Inbound

Pensando na metodologia Inbound, os webinars são conteúdos fundamentais para converter o visitante em lead.  Como mencionei, quanto mais atrativo e valioso o material fornecido, maior a sua moeda de troca, permitindo que sua empresa solicite informações importantes para criar sua base, não se limitando a apenas e-mail e telefone.
O objetivo da metodologia Inbound é transformar pessoas que desconheciam sua marca, em divulgadores. A metodologia faz isso entregando conteúdo de qualidade e sendo relevante para o potencial consumidor. Este processo pode ser longo e complexo, e por isso o webinar se tornou uma peça chave, pela simplicidade e longo alcance.
 

Confira 4 motivos para investir no webinar na sua estratégia de Marketing Digital:
 
1) Não há barreiras geográficas
 
O webinar é um meio prático para alcançar uma ampla audiência. Em um país grande como o Brasil, atingir todo o território com mídias tradicionais é um desafio até para grandes marcas.

2) Cabe no seu orçamento de marketing

Existe no mercado plataformas grátis para criação de webinars. Mas mesmo as ferramentas pagas, que possuem funções mais avançadas, têm um valor acessível que certamente caberá no seu orçamento de marketing.

3) Se torne referência em um assunto

O vídeo é uma forma de comunicar e informar que transmite bastante credibilidade. Ao promover um webinar de qualidade sua marca ganha visibilidade e pode se tornar referência no tema.

4) Alcance ilimitado

O alcance do webinar é ilimitado. As únicas barreiras entre o seu conteúdo e o seu potencial consumidor são a conexão da internet e o idioma.
Como organizar um webinar

O primeiro passo é definir e desenvolver um conteúdo interessante que tenha a ver com seu negócio, para criar uma associação saudável com a sua marca.
Ser relevante também é fundamental, fale sobre algo que desperte a atenção das pessoas. Um conteúdo ultrapassado pode danificar a imagem da sua empresa. O Google pode te ajudar nesta tarefa, basta fazer uma pesquisa rápida no Google Trends e no planejador de palavras chaves do Google Adwords para ter uma ideia de tópicos que estão em alta.

Conteúdo e apresentador definidos? Então mãos a obra! 

Veja algumas plataformas profissionais de webinar para que sua marca entregue um conteúdo de qualidade sem se preocupar com possíveis problemas técnicos:
    • Adobe Connect Webinars - Através do Adobe Connect é possível realizar webinars com rastreamento e análises sobre os participantes.
    • Cisco Webex - Exibe até 5 papelistas e uma tela com slides ao mesmo tempo.
    • GoToWebinar - Possui opção de gravar e armazenar a transmissão em HD.
    • Webinars OnAir - Produto similar ao Google+ Hangouts, com a diferença que com o OnAir sua marca pode comercializar webinars.
       
      Passo a passo: O antes, durante e depois
       
      Montar a Landing Page: para que as pessoas possam se inscrever no evento é preciso uma página de registro em que elas coloquem pelo menos o seu email para receber as próximas comunicações sobre o webinar. Essa é uma excelente opção para transformar visitantes do seu site em Leads.
      Não se esqueça de colocar nesta página todas as informações importante sobre o webinar: tema, horário, dia, etc. E seja bastante vendedor: se a oferta não parecer imperdível, não haverá conversão. 

      Enviar um email promocional: se você já tem uma base de Leads, prepare um email de convite para o webinar com todos os detalhes do evento e link para a Landing Page. 

      Divulgar nas mídias sociais: prepare chamadas nas mídias sociais convidando o público para o evento e direcionando para a sua Landing Page. 

      Preparar anúncios nas mídias pagas: caso tenha verba disponível para anúncios pagos, uma boa opção é criar ads em serviços como Google Adwords e Facebook Ads. Nesse segundo caso uma boa opção é impulsionar a postagem sobre o webinar, o que aumenta bastante o alcance dessa mensagem na rede. 

      Colocar call-to-action no site: outra alternativa é criar CTAs no site da empresa, seja em banners ou em chamadas com links nos posts do blog, por exemplo. 

      Acompanhar as inscrições: monitore quantos Leads já converteram e analise se há necessidade de reforçar algum dos canais de divulgação. 

      Preparar o roteiro: se você achar necessário, é legal montar um roteiro com o que será apresentado. Pode ser em tópicos, apenas para guiar suas falas e não deixar nenhum ponto importante de fora.

      Subir a apresentação no SlideShare: caso use algum material de apoio como um PDF, é possível subir esse arquivo para estar disponível facilmente na hora da apresentação.

      Montar o evento no Google Hangouts: com essa ferramenta você pode montar o link da página de transmissão com bastante antecedência.

       
      Enviar email para os Leads: uma boa prática para manter o webinar na mente dos inscritos e garantir a sua participação é enviar um email “lembrete” reforçando a data e o horário da transmissão. Aproveite a mensagem para enviar algum material sobre o tema para ir aquecendo os espectadores, como um post no blog.
       

      No dia do webinar

      Testar a internet: você não quer correr o risco de ter seu webinar interrompido e prejudicado por causa de problemas com a conexão, certo? Por isso, teste bastante a sua rede antes da transmissão. 

      Organizar a sala: tome cuidado com o fundo e o enquadramento da transmissão. Procure organizar a sala onde vai apresentar o evento e garantir que todos os elementos necessários (caneta para escrever em um quadro, passador de slides, etc) estejam a mão. 

      Cuidar da iluminação: além disso, tenha cuidado com a iluminação do local. Evite que o ambiente fique muito escuro ou que o rosto do palestrante fique com excesso de iluminação. 

      Enviar email para os Leads: no dia da transmissão envie um email com o link para o webinar. Procure enviar pelo menos uma hora antes do início para que todos possam ver a mensagem e acessar a página da transmissão. 

      Luz, câmera e ação: na hora marcada, inicie o webinar! 

      Interagir com os participantes: procure interagir com os participantes por meio de comentários na página e responda as perguntas enviadas ao vivo. É recomendável ter pelo menos uma pessoa para mediar essa conversa e monitorar o que está sendo falado. 

      Agradecer aos presentes: ao fim da apresentação, agradeça publicamente a todos os que participaram e dê os recados finais, como se os slides serão disponibilizados via email, por exemplo. 

      Responder as perguntas pendentes: responda os comentários deixados na página de transmissão para que todos os participantes tenham resposta.

      Depois da transmissão

      Enviar email para os participantes: envie um email com o link permanente para o vídeo no Youtube e com o link para os slides da apresentação (caso haja). 

      Fazer uma pesquisa: para saber o que o público achou do webinar, é possível criar um formulário de pesquisa gratuito e enviar para os Leads responderem. Assim você poderá fazer ajustes apontados por eles. 

      Criar uma Landing Page para o webinar gravado: você pode continuar gerando Leads com seu webinar. Basta disponibilizá-lo em uma Landing Page no seu site (ou atualizar a antiga tirando o discurso de “ao vivo”).
      O importante é sempre ir melhorando o processo. Com certeza alguma etapa a mais vai entrar ou sair desse passo a passo, mas o essencial é fazer tudo de maneira planejada para oferecer webinars cada vez mais incríveis para a sua audiência.
      A sua empresa já fez ou faz webinars ao vivo? Conte-nos como foi a experiência nos comentários. :)

      Meu Webinar

       

      O que NÃO são considerados webinars

      Cursos online, como a Certificacao Inbound não são considerados webinars. Apesar do conteúdo de qualidade, a certificação é gravada e disponível para acesso em qualquer dia ou horário.
      Outras ferramentas que também utilizam vídeos para disseminar informação ou gerar interação, podem ser confundidas com webinars, mas não entram nessa classificação, como:
        • Conference call
        • Hangouts
        • Skype

          Para finalizar, é importante criar um plano de comunicação para divulgar seu webinar e garantir que ele tenha um número de inscritos significantes. Você pode incluir desde posts em suas redes sociais, fazer um blog post sobre a transmissão, enviar e-mail marketing e até mesmo uma campanha online.
          E se optar por gravar o webinar, recomendo que disponibilize o link em seus canais próprios e adicione o vídeo no Youtube. Assim, no futuro você ainda gera tráfego orgânico e seu conteúdo poderá te trazer bons frutos.

          Escrito por Romulo Correa - Hubspotter especializado em produção de conteúdo, com 7 anos de experiência em Marketing Digital no Brasil e Estados Unidos.

          Fonte: br.hubspot.com / resultadosdigitais.com.br

          Qual a diferença entre e Webinar e Hangouts? Aprenda a criar o seu no Google+!