CPT - Centro de Produções Técnicas

Saiba que taxa de rejeição do Google Analytics não é ruim


Se você usa Google Analytics, certamente já visualizou em seu painel um indicador chamado taxa de rejeição. O nome naturalmente indica se tratar de algo negativo. Ser rejeitado nunca é bom.
Mas, afinal, o que significa essa métrica? É simples: significa que um usuário entrou no seu site, visitou apenas uma página e foi embora.

A própria página de suporte do Google traz essa definição:

"A taxa de rejeição é a porcentagem de visitantes que acessam somente uma página antes de sair do site."

A pergunta-chave é: por que o usuário visitou somente uma página?

Pode ser por um problema técnico, de design, navegabilidade, ausência ou ineficiência do conteúdo buscado ou qualquer outro fator negativo.
Mas essa evasão pode se dar também por um fator positivo. É comum, por exemplo, um usuário encontrar as informações desejadas e encerrar a navegação por ali mesmo. Essa situação é comum em acesso à página por meio de links compartilhados em redes sociais ou enviados por newsletter ou e-mail marketing.

O ideal é você, como gestor de conteúdo, ter claro o que espera do seu leitor. Se desejar que ele navegue pelo site, é importante que a taxa de rejeição seja baixa. Não existe um parâmetro definitivo, mas é comum especialistas falarem em 45% ou menos. Se, no entanto, você esperar que o usuário consuma o conteúdo e ponto final, é natural esperar que a taxa de rejeição alcance 70% ou até mais.

O que faria seu visitante passar por mais páginas de seu blog seria dividir o assunto do texto em outros posts e sempre colocando os links destes posts dentro dos posts facilitando assim o acesso do visitante.
Gadgets de posts relacionados também ajudam e facilitam seu trabalho.

Mas não exagere nessa divisão, senão seu post ficará incompleto, sem conteúdo. Cuide para que cada texto seja de qualidade e que instigue as pessoas a clicarem e clicarem.

Miniaturas de posts no rodapé do blog

 Então, não desanime, continue trabalhando, sempre dando seu melhor. A melhor recompensa é aquela que demoora pra chegar!

 

Fonte: www.tracto.com.br 

Análise de: Cassio Politi, eleito o profissional de content marketing do ano pela Digitalks em 2015. Será em 2016 palestrante do Content Marketing World, o principal evento do tema no mundo, em Cleveland, nos Estados Unidos. É desde 2014 o único sul-americano a compor o seleto júri do Content Marketing Awards. É autor do livro Content Marketing - O Conteúdo que Gera Resultados. Presta consultoria para grandes empresas brasileiras e multinacionais. Já conduziu palestras, treinamentos in company e cursos abertos em 25 estados.