CPT - Centro de Produções Técnicas

Você sabe qual o melhor horário do dia para escrever? Não? E você sabe qual o SEU melhor momento para escrever?

 

Existe um método cientifico que mostra quando podemos ser mais produtivos

Todo indivíduo tem um cronograma pessoal de trabalho, energia e criatividade. Alguns trabalham melhor logo pela manhã, enquanto outros preferem escrever durante a noite.

Mas se você quer ter um melhor desempenho na escrita, você precisa encontrar seu melhor período pra fazer isso.

Por que?

Porque a ciência diz isso.

Para aprender o porquê de isso ser verdade e como você pode descobrir o seu momento ideal para escrever, continue lendo. Após ler este artigo, você precisa abrir mão do método que vem usando para encontrar o melhor período do dia para escrever, de modo que você possa aproveitar melhor esse tempo e energia para liberar seu conteúdo mais criativo, poderoso e perspicaz.

 

Você já ouviu seus ritmos ultradianos?

Ritmos ultradianos são círculos biológicos que ocorrem ou se repetem ao longo de 24 horas de um dia circadiano. Por definição, ritmos ultradianos duram mais de uma hora e menos que um dia.

O corpo possui todo tipo de ritmos biológicos. Os ritmos biológicos primários estão agrupados sob o ultradiano, circadiano e infradiano. Os ritmos ultradianos do corpo regulam a energia, humor e funções cognitivas. Todos os hormônios, processos metabólicos e funções cardiovasculares carregam ritmos ultradianos, mas o ponto mais importante é: nosso corpo opera de acordo com o que o ritmo biológico determina.

Você deve estar se perguntando que raios isso tem a ver com escrita?

Tudo. Veja o porquê.

A maioria das pessoas escreve melhor quando têm mais energia mental. Mais energia significa mais ação. Quando seu corpo é naturalmente energizado sua mente funciona melhor. Você processa as informações rapidamente, você fica mais criativo e cria a capacidade de sintetizar todos seus pensamentos na escrita.

Você pode estabelecer sua fase de pico de energia estando em harmonia com seu ritmo ultradiano. Como mencionei ritmos ultradianos geralmente opera em ciclos de 90 minutos. Assim, seu pico de produtividade irá oscilar com intervalos de 90 minutos.

Isso é o que a Fast Company chama de Onda da Vida. É por isso também que eles sugerem ter um intervalo a cada 90 minutos.

Primeiramente os cientistas pensavam que dormir era o único ritmo ultradiano.

“Nos anos 1950, os pesquisadores William Dement e Nathaniel Kleitman descobriram que nós dormimos em círculos de cerca de 90 minutos, oscilando entre sono leve e mais profundo repetidamente. Esse processo recebeu o nome de Basic-Rest Activity Cycle ou BRAC”, explica o especialista em produtividade Tony Shwartz em um artigo para o The New York Times.

Então, em um novo estudo eles descobriram que os ritmos ultradianos se apresentam também nas horas em que estamos acordados.

“Trabalhar com intervalos de 90 minutos acaba sendo uma receita para maximizar a produtividade,”

explica Shwartz no mesmo artigo.

A razão pra isso, como podemos ver é devido aos ritmos ultradianos natural do corpo. Ao invés de se forçar a escrever num momento não produtivo, você trabalha com o corpo para maximizar a melhor parte do dia quando sua mente está mais energética.

Essa percepção irá mudar o modo como você trabalha. Observe esse esquema:

  • Por 90 minutos, você está em estado de alerta, criatividade, resistência mental e resiliê
  • Então, por um período de 20 minutos seu copo precisa diminuir o ciclo, se reenergizar e se aquecer novamente.
  • O ciclo se repete embora sua energia esteja propensa a declinar a cada ciclo de 90 minutos.

Não é muito prudente obrigar a si mesmo a escrever quando seus ritmos ultradianos estão lá embaixo. Por que? Porque simplesmente este não é um momento produtivo. É o mesmo que dar murro em parede de concreto. Seus músculos não vão atravessar a parede, pois não são fortes o suficiente.

Da mesma forma, sua energia, mente e criatividade não está em uma posição favorável para superar a queda natural dos seus níveis de energia mental.

Lembre-se: será mais eficiente se você trabalhar com ciclos de 90 minutos, respeitando os ritmos e seu cronograma natural.

 
Como usar os Ritmos Ultradianos para determinar quando você deve escrever

Então, você deve escrever quando estiver no auge da sua energia, e não deve se forçar ultrapassando a média do ciclo ultradiano de 90 minutos. Mas, quando? Qual hora do dia?

É ai que complica.

O ritmo de cada um funciona num cronograma diferente. Assim como meu cabelo, minha pele, meus traços faciais, a cor dos meus olhos, a forma da minha cabeça são únicas, assim também, cada um são os picos e períodos de descanso.

Felizmente nós temos décadas de pesquisas científicas e padrões gerais que podem nos ajudar a diminuir as opções de quanto é o melhor momento para escrever.

Como eu disse, ritmos ultradianos operam em um ciclo aproximado de 90 minutos, mas cada um desses ciclos não provém o mesmo grau de energia. Um pico de ritmo ultradiano pode nos prover energia o suficiente para subir uma montanha ou se jogar na pista de dança. Outro pico ultradiano, entretanto, nos forneça talvez a capacidade cognitiva de ter uma longa conversa ou trabalhar em um projeto.

Energia não é igual para todo mundo. Justamente por isso você precisa identificar quando você tiver energia mental dos seus ritmos ultradianos.

Veja aqui uma média de como ritmos ultradianos funciona:

De acordo com o quadro acima, de manhã é quando temos uma melhor quantidade de energia, ou seja, logo após acordar. Você vai notar que estes ciclos se referem à energia mental – no quadro, ele é descrito como estado de alerta. Enquanto você pode também ter energia física nesses momentos, é na energia mental que eu estou focando.

Novamente, isso não é um padrão para todos. Alguns acordam as 04:30 da manhã e seus picos de produtividade e criatividade é às 06:00. Algumas pessoas acordam mais tarde e seus picos de produtividade e criatividade ocorrem em momentos diferentes.

Falta de sono e cafeína também podem afetar os ritmos, mas não necessariamente de maneira negativa. Cafeína por exemplo, talvez impulsione o pico de ritmo ou fazer com que este apareça mais rápido. A ausência de sono pode inibir as barreiras normais de julgamento, nos deixando mais criativos.

Se tratando de escrever, a maioria das pessoas escreve melhor durante a manhã - pelo menos é assim pra mim. Eu reservo um tempo considerável toda manhã para produzir conteúdo. O conteúdo que eu escrevo é melhor, mais fresco, mais criativo e mais perspicaz do que as coisas que eu escrevo a noite ou durante a tarde.

 

Como restringir seu melhor momento para escrever

Agora vamos ser super práticos.

Você precisa descobrir o momento perfeito para criar o melhor conteúdo. Para ajudar, observe essas duas dicas do TeamGantt para o artigo “Melhor momento do dia para trabalhar”.

  1. Identifique qual hora do dia você possui mais energia. Pergunte a si mesmo em cinco intervalos durante o dia: 06:00 (ou quando acordar), 10:00, 14:00, 18:00 e 21:00.
  2. Descubra que parte do dia você tem a menor quantidade de distração. Interrupções podem acabar com seu fluxo de criatividade, então se certifique de estabelecer um momento e lugar completamente livre de distrações.

Naturalmente, os dois momentos que você identificou devem ser compatíveis. Se não, então você pode achar um momento em que você tem seu segundo melhor grau de energia, ou, melhor ainda, mudar sua programação para eliminar as distrações durante seu período de pico de energia.

Agora, durante esse momento, programe 90 minutos para escrever. Essa é a sua mágica de uma hora e meia. Você vai criar conteúdo mais criativo, poderoso, inteligente e imbatível.

E se você escolheu o momento errado? Tente de novo.

Eu te encorajaria a escolher um momento e permanecer nele por algumas semanas.

Por que?

Porque é aí que um segundo fenômeno biológico entra em ação – a neuroplasticidade. Quanto mais nós repetimos uma ação ou um comportamento, melhor será nosso desempenho nisso. Escrevendo todos os dias na mesma hora, seu cérebro estará sendo treinado para perceber que essa é a hora de entrar em ação. Finalmente, seu cérebro terá a ideia – de ligar, acender e se manter ocupado ajudando você a criar bons conteúdos.

Cientificamente falando:

 
Saiba que os resultados podem variar

Não permita que ninguém te diga qual é o seu melhor momento do dia para escrever. Somente você pode descobrir isso.

Tenha em mente que, existe alguma verdade para as pessoas “matinais” ou “noturnas”. Algumas pessoas são verdadeiramente mais criativas durante a manhã, enquanto outras têm sua criatividade impulsionada a noite.

Ao invés de mergulhar em um molde já pré-concebido, procure conhecer a si mesmo – seus ritmos, sua energia e seus momentos de produtividade. Seja qual for o momento que você escolher para escrever, faça disso um hábito diário. 

Sua mente irá cair em um padrão regular, permitindo seus ritmos ultradianos e circuitos neurais aumentar sua energia e percepção durante esse tempo.

Especialistas em produtividade nos sugerem gerenciar nossa energia, não nosso tempo. Isso é um pouco ilusório já que nós gerenciamos nossa energia e tempo, porque nossa energia trabalha com tempo.

Se você quer melhorar sua produtividade na escrita, eu recomendo usar o período de maior pico de seus ritmos ultradianos para escrever ao mesmo tempo maximizando a energia que você tem. Quanto você identifica os períodos potência do seu pico em seu cronograma biológico, então você irá desvendar o segredo de como escrever melhor.

 

O que podemos concluir é que:  Se queremos ser produtivos temos que respeitar nossos limites e aprender a lidar com eles. Do contrário tudo não passará de uma grande perda de tempo, e claro, de energia, de muita energia.

Fonte: br.hubspot.com/

E o seu? Qual é seu momento de maior produtividade?