Como criar um blog para sua franquia

Um blog bem-feito é a porta de entrada perfeita para atrair novos candidatos ao seu site de franquias , aumentar o volume de leads qualificados gerados por ele e acelerar sua expansão.

Segundo dados do Hubspot, empresa de software de automação de marketing, oito em cada dez empresas, que postam diariamente em seus blog, adquirem clientes por meio deles.

No mercado de franquias, os blogs são armas poderosas para:

  • Gerar mais tráfego para o site da sua franquia por meio do Google, atraindo potenciais candidatos sem ter que gastar com anúncios;
  • Gerar leads qualificados e exclusivos, atraindo pessoas que realmente estão buscando informações sobre seu mercado – e não qualquer interessado em franquia;
  • Educar os potenciais candidatos a investidores, tirando suas dúvidas e ajudando-os a avançar no processo de decisão (o que também ajuda a acelerar seu processo de vendas).

Neste post, criado pelo site “Guia franquias de sucesso” vamos abordar o passo a passo para você criar um blog de sucesso e desfrutar de todas essas vantagens. É claro que se você quer ter resultados melhores e mais rápidos, o ideal é entregar a tarefa nas mãos de um profissional.

Mas se você não tem verba para isso, mas quer começar a testar essa estratégia, é possível (com uma boa dose de informação e dedicação) dar os primeiros passo por conta própria.

Vamos a eles:


1. Escolha e implemente uma plataforma

A maneira mais fácil, hoje em dia, de colocar um blog no ar é utilizando um sistema de gestão de conteúdo (ou CMS, na sigla em inglês, mais usada no mercado) pronto.

Há diversas opções no mercado, mas a mais conhecida e utilizada é o WordPress. Além de ser gratuito e simples de usar, o sistema possui um enorme ecossistema de desenvolvedores que criam plugins e temas que permitem desenvolver até mesmo um portal completo usando a ferramenta.

Se você não tem conhecimentos técnicos para instalar o WordPress (ou o sistema de sua escolha) dentro do seu site, você pode contratar um desenvolvedor freelancer para ajudá-lo nesta tarefa.


Quer ter um template voltado para conversão em seu blog? Baixe aqui

É importante também fazer algumas customizações para que ele fique com a cara do seu site (cores e identidade visual). Lembre-se: a primeira impressão é a que fica. Um blog com cara de amador vai espantar os candidatos em vez de atraí-los.


2. Mapeie suas personas

Antes de começar a criar conteúdo para alimentar seu blog, você precisa ter bem claro quem são os seus leitores.

No caso de um blog de franquias, estamos falando dos potenciais candidatos a investir na marca. Mas quem são essas pessoas? Qual é a faixa etária delas? Qual é a profissão delas? Em que regiões do país elas estão? Quais são as suas maiores dúvidas? E suas necessidades?

Muito provavelmente você terá mais de uma persona para endereçar no seu blog. Por exemplo, se sua franquia é do ramo de estética, pode ser que você queira atingir pelo menos dois públicos diferentes: pessoas que se interessam por investir em franquias em geral (que contratariam esteticistas para trabalhar no negócio) e esteticistas que estão querendo empreender.

O tipo de informação que vai interessar para cada um desses públicos é diferente. Por isso, você precisa entender bem sua necessidades específicas.

Talvez você tenha também dois tipos de franquia: uma clínica de estética, que exige ponto comercial; e outra de atendimento em domicílio, que pode ser operada em home office. Os candidatos para cada um desses modelos também terão perfis socioeconômicos distintos. Você precisa conhecê-los para poder atingi-los com eficiência.


Como Montar Um Negócio de Estética e Depilação em Casa


3. Identifique os termos de busca relevantes

Outro exercício que vai ajudá-lo a pensar em seus conteúdos é pesquisar o que as pessoas querem saber sobre sua franquia e sobre seu mercado em geral.

Você pode fazer isso pesquisando as palavras-chave relevantes para o seu setor. A ferramenta mais usada para este fim é o planejador de palavras-chave do Google, que mostra qual é o volume de pesquisas para cada termo e indica palavras-chave relacionadas ao assunto em questão.

Dica pessoal: Outro site de pesquisas de palavras-chave que uso muito e acho que mais fácil de usar é o “UberSuggest”.

Na hora de fazer esse levantamento, leve em conta que palavras-chave muito genéricas, como “franquias” ou “franquias baratas”, são muito disputadas, portanto é muito difícil conseguir um bom posicionamento com elas.

Além disso, se você investir em termos muito gerais, pode acabar atraindo um público que não é o que você deseja.

Portanto, voltando ao exemplo da franquia de estética, é melhor investir em termos específicos como “franquias de beleza”, “franquias de estética” ou “franquia de estética home office”.

Crie uma lista com as palavras-chave estratégicas para o seu blog e certifique-se de que elas estejam presentes sempre que possível no seu conteúdo – sempre dentro de um contexto relevante, pois já ficou para trás o tempo em que bastava repetir palavras-chave no seu site para aparecer no Google (hoje isso é penalizado).


4. Crie um calendário editorial

Para que seu blog atraia tráfego e tenha uma audiência cativa, é preciso ter consistência na publicação. Não adianta subir um post aqui e outro ali – isso não gera resultados.

Defina quais serão os dias da semana em que você vai postar e planeje-se para criar o conteúdo com antecedência.

O ideal é planejar todo o conteúdo que você vai criar no mês antecipadamente, para evitar ficar na mão e não ter nada para subir nos dias de publicação.

Se você delegar a produção de conteúdo para outras pessoas – membros da sua equipe, freelancers ou agências -, você precisará manter o controle sobre esses processos.



5. Produza conteúdo de qualidade

Essa é a chave do sucesso de qualquer blog de franquias: oferecer conteúdo útil, relevante e interessante para os seus leitores (confira aqui alguns tipos de conteúdos que você pode criar para o seu blog).

Sem isso, todas as etapas anteriores não valem de nada. Hoje em dia, a quantidade de conteúdo disponível na internet é abundante. Portanto, se você se propõe a escrever sobre um tema, deve ir fundo nele, gerando algo que seja diferente de tudo que já existe.

  • Por isso, pesquise muito sobre o tema antes de começar a escrever. Faça sua lição de casa.
  • Busque exemplos, números e imagens interessantes para complementar seu conteúdo.
  • Antes de começar a escrever, planeje a estrutura do seu texto.
  • Liste os tópicos que vão compor o material e tenha um esqueleto no papel de como será seu texto. Há uma série de formatos que você pode explorar.
  • Não se esqueça de dar um bom título para o seu post. O título é a isca que fará com que o leitor escolha clicar no seu post quando ele aparecer entre os resultados do Google ou no seu feed do Facebook.
  • Por fim, faça uma revisão atenta do conteúdo para ter certeza de que ele está bem escrito e não tem erros de gramática. Isso pega muito mal com seus leitores.


6. Defina técnicas de promoção

Não adianta criar um conteúdo incrível e deixar ele esquecido no seu site. Para que seus acessos cresçam, principalmente no início, você terá que investir em técnicas de divulgação.

Pode ser uma newsletter para sua base, promoção de posts em redes sociais e até investimento em AdWords.

O que importa é que você tenha canais para divulgar seus conteúdos, senão todo o investimento feito nele será em vão.

Dica pessoal: Em relação as redes sociais, sugiro criar uma página dentro do seu perfil no Facebook, na minha opinião é a melhor mídia social para divulgar produtos e serviços, pelo menos, é a que tem me trazido mais benefícios. Não adianta divulgar na sua página, porque não é o que seus amigos e seguidores querem ver, passará despercebido, uma página específica vai atrair pessoas que se interessam realmente pelo conteúdo, você pode pedir para que seus amigos curtam a página, aqueles que gostarem vão curtir.


7. Tenha estratégias para captar leads

De nada adianta trazer novos usuários para o seu site se eles forem embora sem deixar seus contatos.

Para que você não perca essas visitas, você precisa oferecer algo em troca dos dados de cadastro do visitante.

Pode ser um e-book em PDF, um convite para se cadastrar na sua newsletter ou para participar de um webinar.

Importante: não confie apenas no seu formulário de cadastro para receber mais informações sobre a franquia.

Muitas pessoas que vão chegar ao seu blog ainda não estão prontas para dar esse passo. Pedir para um visitante que entrou em contato com a sua marcar pela primeira vez preencher um formulário gigante só para receber mais informações sobre a sua franquia é como pedir alguém que você acabou de conhecer em casamento antes mesmo de convidar essa pessoa para um café ou um jantar.

Dica pessoal: Quando e se optar por criar uma captura de lead, disponibilizando um arquivo, seja ele que formato for, esteja disposto(a) a enviar mais e mais conteúdos para seus “capturados”, porque geralmente assinam seu e-mail apenas para receber o conteúdo grátis.

Se perceberem pelo título do e-mail que já está oferecendo um produto ou serviço, não vão nem abrir, isso deve ser feito de forma bem camuflada, com jeitinho, se é que você me entende.Winking smile


Planilha de Viabilidade Econômica de Negócio (VNI CONSULTORIA FINANCEIRA PROJETOS E ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA)

 

Existem 4 formas de capturar leads:

  1. Formulários de contato

  2. Assinatura de newsletter

  3. E-books

  4. Atendimento online (chat)

O ideal é usar as 4 formas, mas use o chat, se tiver a oportunidade de estar a maior parte do dia online, ou que tenha alguém que faça esse trabalho, não é legal ter um chat se está sempre off.


Criar um blog de sucesso para sua franquia não é uma missão impossível, mas requer dedicação e profissionalismo. Se você seguir as etapas listadas acima, provavelmente conseguirá dar os primeiros passos na direção certa.


Fonte: guiafranquiasdesucesso.com/